POESÍA a rodos Textos em prosa em português (literários e não literarios) Vídeos com histórias

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Lenda do paraíso



Esta é a Lenda do paraíso, conto popular da tradição oral portuguesa.


Criou Deus o homem e colocou-o no Paraíso. Ao fim de dias apareceu-lhe e perguntou:

–Como te dás por cá?
–Sopra-me da banda do Norte, e tenho muito frio.

Deus fez-lhe um muro que o guardava dos ventos do Norte. Ao cabo de dias tornou-lhe a aparecer e pergunta:

–Como te dás por cá?
–Sopra da banda do Sul e ainda tenho frio.

Deus fez-lhe outro muro. Ao cabo de dias apareceu-lhe, fazendo a mesma pergunta:

–Chove-me agora em cima.

Deus cobriu os muros com um tecto, para o abrigar das chuvas.
Tornou-lhe depois a aparecer:

–Como te dás agora?
–Estou sozinho entre estas quatro paredes; muito triste de estar sozinho.

Então Deus deu modo a arranjar-lhe uma companheira. Tornou-lhe a aparecer:

–Não tenho que comer, nem que dar à minha companheira.

Deus falou à terra, para ela dar de comer ao homem. A terra respondeu:

–Só lhe darei de comer, se o homem me tornar o que receber de mim.

Foi assim que o homem ficou sujeito a ser também comido pela terra.


Contos Tradicionais do Povo português, recolha de Teófilo Braga, 1883.