POESÍA a rodos Textos em prosa em português (literários e não literarios) Vídeos com histórias

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

"Sacudiam as crianças a areia das sandalias..."(Mário Cláudio)




Sacudiam as crianças a areia das sandalias,
como austeros profetas que uma cidade amaldiçoasse,
e tomavam o caminho de regresso a casa.

Um grão de sal ardia em sua pele,
o balde chocalhava, de encontro às paredes,
dormiam, enfim, até o dia seguinte.

Que nautas se concebiam, ao nadar!
Que países divisavam, na neblina!
Que infantes, que lusitanos, que esquecidos que eram!

Mário Cláudio


Do seu livro Dois Equinócios (1996)